canticos

canticos

  • Informações da Banda

    canticos

    canticos

    Os cantores Thelmo Lins e Wagner Cosse apresentam o espetáculo musical Cânticos, baseado no livro homônimo de Cecília Meireles e no CD lançado pelos artistas em 2006. O repertório é formado por 26 poemas, sendo 13 recitados e 13 musicados. As canções foram compostas especialmente para o projeto pela compositora carioca Fátima Guedes.
    Os poemas que compõem Cânticos foram escritos por Cecília Meireles (1901-64) década de 20, mas só foram publicados em 1981. Desde então, o livro tornou-se um dos best-sellers da autora, graças ao lirismo e a beleza de seus versos.
    Thelmo Lins e Wagner Cosse conheceram o livro em suas primeiras edições e se encantaram pelos poemas. A experiência foi retida na memória até que, em 2004, após a experiência bem-sucedida de lançar os poemas musicados de Carlos Drummond de Andrade (no elogiado CD Thelmo Lins Canta Drummond, produção independente de 2003), iniciou contatos com os familiares da poetisa para a liberação dos direitos autorais da obra para seu lançamento em CD.
    Com, os direitos autorais do texto, a próxima etapa foi buscar uma parceria para a composição das músicas. O convite foi aceito por Fatima Guedes, compositora carioca revelada nos anos 80 e autora de clássicos da MPB como Flor de ir embora, Tanto que aprendi de amor, Cheiro de mato, Onze fitas, entre outros. Fátima transformou 13 poemas em belíssimas canções, que passeiam por várias tendências da música popular brasileira, sempre pautada pela sensibilidade e emoção. O resultado foi o casamento perfeito entre música e poesia.
    O show tem direção musical Geraldo Vianna e a participação dos músicos Danilo Abreu (teclado), Sérgio Rabello (contrabaixo e violoncelo) e Max Robson (percussão indiana e bateria). A direção cênica ficou a cargo do premiado diretor Kalluh Araújo, também responsável pelos cenários e figurinos. Coube ao artista plástico Rodrigo Mogiz bordar as roupas que os artistas usam em cena. Kalluh explorou a atmosfera oriental, em especial a grande fascinação que Cecília Meireles tinha pela Índia, para compor a cena.
    O espetáculo “Cânticos” estreou em 2006, em Itabirito (MG), terra natal de Thelmo Lins, na programação da Feira do Livro daquele ano. Em seguida, cumpriu uma turnê por várias cidades históricas mineiras, como Ouro Preto, Diamantina, Congonhas e Tiradentes. Mais tarde, a turnê passou por Belo Horizonte (2007), Rio de Janeiro e São Paulo, além de outras cidades do interior de Minas. O musical também foi pauta de vários programas de TV, entre eles o Especial Rede Minas, o Globo Horizonte e o programa de Ronnie Von, em São Paulo.
    Elogiado pelo público e pela crítica, “Cânticos” é um dos espetáculos mais bem sucedidos de Thelmo Lins e Wagner Cosse. Classificação: 12 anos (por causa da compreensão dos poemas). Duração: 60 minutos.

    Integrantes:
    Thelmo Lins e Wagner Cosse - vozes
    Danilo Abreu - piano ou teclado
    Sérgio Rabello - contrabaixo acústico e violoncelo
    Max Robson - bateria e percussão

    Downloads: Mapa do Palco Rider

    Telefone: (31) 9991-6653
    E-mail: twcomunicacao@uai.com.br

    Origem: Belo Horizonte - mg (Brasil)

    Residência: Belo Horizonte - mg (Brasil)

    Estilo
    Poemas musicados

  • Opiniões

    “Belíssimo trabalho este de vocês sobre Cecília Meireles e Fatima Guedes. Muita sensibilidade, muito bom gosto, muito zelo no trato da produção”, de Nestor Sant’Anna, ex-presidente da Rádio Inconfidência

    “Vocês conseguiram o uníssono - a união perfeita entre música e poesia, do poeta Affonso Romano de Sant´Anna

    “O CD ficou simplesmente maravilhoso em todos os aspectos. É por essas e outras que falo e repito: apoiar projetos de cultura vai muito além do benefício para a sociedade... Tem o benefício próprio da amizade e carinho que envolvem ‘empresa’ e proponentes. É um projeto que começa no âmbito profissional e vai crescendo, passando também para o pessoal... São amigos que criamos e guardamos para sempre no coração. Desejo a vocês muito sucesso!”, de Viviane Letícia, ex-gerente de marketing cultural da Magnesita.

    Thelmo, o CD está dos deuses!!!! Parabéns!, da cantora mineira Ana Cristina

    Parabéns pelo belo CD. Já escutei diversas vezes. Adorei!!! Que produção! Arte e fotos... Coisa de primeiríssimo mundo, de Maria Inês Gomes dos Santos, de Belo Horizonte, MG

    Aproveitando a oportunidade, recebam novamente os nossos efusivos cumprimentos pela apresentação em Ouro Preto! O espetáculo foi muito bonito, de Alexandre Carlos Teixeira, neto de Cecília Meireles

    Estou com o CD em mãos, numa luta vacilante entre os meus olhos e os meus ouvidos. O cd não ficou bom, ficou perfeito! Maravilhoso! Não é pra ser ouvido, e sim pra ser sentido. O trabalho que vocês fizeram foi capturar um pouco da alma de Cecília Meireles, como sempre profunda em suas palavras que muitas vezes atravessam a razão para mergulharem direto na alma, de Marina Angélica Ferreira, de Pitangui, MG

    As melodias, novas, urgentes, ganharam expressão e força com o tratamento dado pelos arranjos de Geraldo Vianna que, com excelente gosto, valoriza as lindas vozes de Wagner Cosse e Thelmo Lins. Os Cânticos, recitados, são uma beleza a mais, da compositora Fatima Guedes

    O CD com os poemas (orações) da Cecilia Meirelles está belíssimo, do cantor e diretor de programação da Guarani FM Bob Tostes

    O CD é um primor, já escutei várias vezes... Que delicia! É da alma para alma... Um soco direto no coração, punhalada atrás de punhalada... Vocês acertaram mais uma vez, na medida, na interpretação, arranjos, e na escolha!!! Ouvir poesia assim é um remédio e só faz curar!!!, do cantor e compositor mineiro Anthonio

    O CD ficou muito bonito. Suave, sofisticado e criativo. Sons para ouvir com o espírito em paz. Poética Cecília, melódica Fatima, harmônicos e sonoros Thelmo, Wagner e Geraldo. Belas interpretações desses cânticos maravilhosos. Parabéns”, do designer e produtor Tavinho Bretas

    Fiquei encantada com a doçura e firmeza das vozes. Já tinha me esquecido de como as poesias de Cecilia Meireles são lindas. Agora musicadas, ficaram mágicas. Fala de um amor tão lindo e limpo e claro, que é possível deixar o pensamento voar. É bom vê-los cantar, me traz uma lembrança de um tempo muito doce, de Ritha de Cássia J. Buczynski, do Instituto Estrada Real

    Assisti ao show pela Rede Minas. Estava tudo muito lindo! O cenário me encantou. O tapete, as almofadas, as velas, os figurinos, os adereços. Vocês arrasaram! Vocês e os músicos são lindos e ficaram muito bem no vídeo. Estava tudo combinado. As vozes de vocês e os cânticos pareciam súplicas de bençãos naquele altar especial, de Celma Fortes, que atua na área de RP da Copasa-MG

    Parabéns pela inspiração na concepção do espetáculo e pela emoção em que vocês nos envolvem. Vi o show de Ouro Preto pela Rede Minas. Pena não ter visto pessoalmente. Sucesso sempre, de Martha Toffolo, produtora cultural.
  • Fotos

    img_2160-50154c2f7a865.JPG img_2200-506e214e7fd5d.JPG img_2216-506e21b538c65.JPG img_2223-506e22233337a.JPG img_2222-506e22944da3e.JPG canticos-2-506e2304cb255.jpg canticos-94-506e2376d203c.jpg canticos-99-506e23af9a421.jpg canticos-233-506e241c5d1e6.jpg _mg_7678-506e24f61d970.JPG _mg_7743-506e25ae5d854.JPG dsc07304-506e261810b78.jpg canticos-81-506e269482d37.jpg dsc07312-506e26e806765.jpg dsc07199-506e272e41390.jpg dsc07154-506e278e05bf3.jpg dsc_5725-506e27e28185a.jpg dsc_5655-506e280ea29da.jpg canticos-capa-506e296a1d6ad.jpg
  • Músicas

  • Vídeo